Sem dúvida nenhuma, a São Silvestre é a prova de pedestrianismo de rua mais famosa do Brasil, tanto pela sua história. Correr a São Silvestre para um brasileiro, e em especial para um paulistano, é se desfilar pela história de uma cidade que foi se transformando ao longo de décadas,  ao logo do percurso de 15 Km . Aliás, vale ressaltar que prova não é uma maratona, não tem 42 Km como muitos pensam e dizem. Mas nem por isso é menos especial. Unir história e esporte é algo mágico. E cada corredor inscrito tem a oportunidade de viver esta magia, pelas ruas da capital paulista, no último dia do ano.

E para que essa “magia” tenha um final feliz, seguem abaixo 15 dicas que o treinador Diego Lopez, de São Paulo, preparou para quem vai correr a prova. Confiram:

01 – Como a largada e chegada são no mesmo ponto, vá para prova preferencialmente de metrô. Usar menos o carro é uma atitude bacana!

02 – Utilize as ruas mais planas nas proximidades para um bom aquecimento e mantenha-se hidratado.

03 – Não faça xixi pelas ruas. O cheiro no verão fica insuportável. Leve o seu papel higiênico (distribua para outros corredores que precisem) e uso os banheiros químicos distribuídos pelo percurso.

04 – Posicione-se na largada conforme o seu ritmo. Lembre-se que a dispersão da prova é lenta e você tem chip.

05 – Não jogue nada no chão. Utilize os lixos da Paulista e do percurso.

06 – O começo da prova é em descida até a Av. Pacaembu, em ruas mais estreitas e com tartarugas. Cuidado!

07 – Imponha o seu ritmo no final da Av. Pacaembu. Nesse ponto os corredores estarão mais dispersos e aí começa a prova.

08 – Utilize as retas para você ir se poupando para as subidas finais.

09 – Hidrate-se. Beba água a cada 2Km/3Km e use carboidratos em gel a cada 5Km/7Km.

10 – Procure mudar a sua passada a cada alternância de altimetria. Isso faz você “driblar” o cansaço.

11 – Utilize os braços para subir. A coordenação com o tronco mais a frente é importante;

12 – Não vá contra a subida. Ache o ritmo sem ficar muito ofegante e ligue o “piloto automático”.

13 – Na Av. Paulista, chegue bonito!! Com alegria, sorrindo! E dê um sprint final!

14 – Não pare bruscamente ao cruzar a linha de chegada. Desacelere aos poucos.

15 – Leve uma champanhe para estourar no final com os amigos. Afinal, é ANO NOVO!

 

 

foto: divulgação/Sergio Barzaghi (Gazeta Press)