Até parece exagero, mas exercícios físicos também contribuem para enxergar melhor. A comprovação dos benefícios de correr para saúde ocular foi obtida após o acompanhamento de 5 mil voluntários com idades entre 43 e 84 anos. Uma pesquisa ampla, que vem sendo conduzida há mais de 20 anos dentro do projeto Beaver Dam Eye Study – coletando informações sobre problemas oculares relacionados ao envelhecimento da população – mostra que, de 2000 até hoje, existem no mundo 4 milhões a mais de pessoas com dificuldade para enxergar.

Dados divulgados pela Academia Americana de Oftalmologia revelam que problemas de visão causados por doenças, traumas ou degenerações orgânicas que não podem ser corrigidos com óculos ou lentes de contato aumentaram 70% nos últimos 15 anos.

Além de ser importante para controlar a pressão arterial e a circulação sanguínea, a prática de atividade física aeróbica, em especial a corrida, de 3 e 5 vezes por semana contribui bastante para a saúde dos olhos. Especialistas concordam que o sedentarismo está relacionado a várias doenças, mas quem se dedica apenas a atividades em ambientes fechados, como estudar, ler, usar o computador, jogar videogame ou ver televisão, por exemplo, costuma ter mais predisposição à miopia.  Aptos a enxergar só o que está próximo dos olhos, os míopes apresentam um alongamento do globo ocular que acaba por desalinhar a luz na retina. Ou seja: o ponto focal que deveria se formar na parte de trás da retina acaba se formando antes, fazendo com que a pessoa enxergue mal tudo o que está distante, como se houvesse um embaçamento. Daí, também, a importância de condicionar os olhos a enxergar o horizonte – e um bom jeito de ampliar horizonte é correndo ao ar livre.